Viver em grandes centros urbanos tem lá suas vantagens: Alta oferta de produtos e serviços, oportunidades de trabalho e diversidade cultural. Mas a tendência é clara: Com um espaço mais denso e concorrido, o tamanho dos imóveis só diminui.

Esse estilo de vida “compacto” pode trazer mais leveza se levarmos a sério a máxima de não acumular objetos desnecessários, mas essa jornada não é tarefa fácil. É necessário mudar nosso jeito de pensar, consumir e até organizar o nosso espaço.

Para essa última, arquitetos do mundo estão se engajando para trazer inovações para dentro do lar: Como viver melhor em espaços cada vez menores? É necessário desenvolver soluções flexíveis e criativas para adaptar-se a essa nova realidade.

Se é para escolher uma palavra, ou melhor um prefixo, como norte desse movimento todo seria Multi! Multitarefa, multifuncional, multiuso … Inclusive tenho certeza que você já teve que se adaptar a era do multi.

Isso não é diferente quando o assunto é casa. Com um espaço cada vez mais escasso precisamos de áreas multifuncionais. A sala de jantar que vira escritório para o Notebook, o sofá que vira quarto de hóspedes ou a área de serviço que amplia o espaço da cozinha quando não está em uso.
Isso tudo pode parecer maravilhoso na capa de revista, mas para sair do papel para a sua casa é necessário planejamento. Não há mais espaço para gambiarras! Seu lar estará verdadeiramente otimizado quando você prestar atenção a cada metro quadrado e atribuir propósito a ele.

Você pode pensar que o primeiro passo é direcionar a atenção aos móveis. Pois a grande surpresa é que justamente devemos prestar atenção ao que não está lá: Ao vazio! O espaço de circulação deve estar sempre em sua mente ao desenhar ambientes compactos. Um apartamento com peças desnecessárias pode deixar o ambiente “entulhado” por exemplo. Também é necessário uma boa dose de atenção ao impacto que as portas têm na circulação da casa. Considere portas de correr e de vidro para priorizar tanto a circulação quanto a iluminação.

Reforçado isso, considere que a sua casa é um espaço de três dimensões e você pode ter muito o que otimizar com as áreas mais altas. Estamos falando de prateleiras e inclusive decorações no teto. Não ignore esses espaços ociosos.

É bem difundido o poder que o espelho tem para ampliar espaços. Porém o que pouca gente percebe é que essa amplitude tem tudo a ver com iluminação. O espelho consegue clarear cantos escuros e dar profundidade ao ambiente. Sabendo disso, você agora pode utilizar os mesmos princípios com outras fontes de luz e cores nas paredes. O mercado está cheio de opções criativas de iluminação e você pode dar um aspecto moderno ao seu lar utilizando elementos simples como esses.

E para finalizar, a estratégia mais polêmica para otimizar sua morada: Derrube as paredes! É verdade que juntar quarto e sala pode parecer muito ousado, mas muitas pessoas estão aderindo a um estilo de vida que aceita isso. Menos divisórias facilitam o uso flexível dos espaços e dão maior amplitude à sua casa.

E vocês, concordam com essa crescente realidade urbana? Ou acham tudo isso um absurdo? 🤣 Fique atento ao nosso blog e redes sociais para mais assuntos como esse e conte sempre com a Brás Guarda Fácil para armazenar seus móveis com segurança e praticidade. Assim fica fácil você otimizar o seu lar. 🔒😉